segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Virada Sustentável


Depois da Virada Cultural e da Virada Esportiva, eis que será realizada este ano a primeira edição da Virada Sustentável. Nos dias 4 e 5 de junho (datas previstas), serão realizadas cerca de 180 eventos, entre peças de teatro, shows, exposições e outros, com o objetivo de estimular a adoção de práticas sustentáveis por governos, empresas e indivíduos de forma divertida e inspiradora, segundo os organizadores.

A programação ainda não está fechada. Então, para ficar por dentro do que vai acontecer, os interessados devem seguir o blog e os perfis da Virada Sustentável no twitter e no facebook.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Tuitaço pela #energialimpa


O Greenpeace realiza hoje em Brasília um protesto para chamar a atenção sobre a importância da Lei de Renováveis, que que prevê incentivos para a geração de energia solar, eólica e biomassa. A lei está parada no Congresso há mais de 2 anos.

Para ajudar a ONG a aumentar a pressão no Congresso, você pode enviar uma mensagem com a expressão #energialimpa para o presidente da Câmara dos Deputados Marco Maia pedindo urgência na votação da Lei de Renováveis.

Para tuitar automaticamente a frase @depmarcomaia Eu quero mais #energialimpa no Brasil clique aqui.

Para acompanhar o protesto ao vivo, clique aqui.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Curso de pós-graduação em sustentabilidade


Estão abertas até o dia 4 de março as inscrições para o curso de pós-graduação em Ciência e Tecnologia da Sustentabilidade, que será oferecido pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), no campus de Diadema. Inédito no país, o programa envolve as áreas de química, engenharia, ciências ambientais, física, geologia, farmácia e biologia, e tem seis linhas de pesquisa: desenvolvimento e aplicações de materiais sustentáveis; desenvolvimento de moléculas bioativas; ótica biomédica e biossensores; energia e sustentabilidade; engenharia de processos e controle ambiental; e ciências moleculares da sustentabilidade.

Para se inscrever a uma das 25 vagas do curso, os interessados devem comparecer à secretaria do campus da Unifesp em Diadema, localizada na R. Prof. Artur Riedel, nº 275, Jardim Eldorado. A documentação necessária para a inscrição está disponível no site da universidade.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Placas de trânsito de material reciclado


Uma ideia interessante para reaproveitar materiais recicláveis: a cidade de Poá, em São Paulo, está utilizando embalagens longa vida de tetra pak para confeccionar suas placas de trânsito. Além de serem mais baratas que as placas de metal - chegam a custar 3 vezes menos -, elas aproveitam um material que iria aumentar o lixo da cidade e ainda são mais duráveis, porque não têm valor comercial - e por isso não são furtadas - e podem ser recuperadas com mais facilidade em caso de danos.

As novas placas começaram a ser implantadas em dezembro de 2010. A previsão é que sejam colocadas 450 placas na cidade, fabricadas com cerca de 67,5 mil caixinhas de tetra pak. Agora é torcer para que a iniciativa pioneira de Poá se estenda a outras cidades brasileiras.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Carnaval sustentável


Até no Carnaval dá para ser sustentável usando criatividade e materiais descartados. Foi essa a ideia que motivou a empresa Nova Rio, especializada em terceirização de serviços, a promover um concurso entre os alunos de uma faculdade de moda do Rio de Janeiro para produzir fantasias inteiramente confeccionadas de materiais reciclados.

Os estudantes elaboraram mais de 50 modelos e adereços com os mais diversos materiais, desde tampinhas, garrafa pet, arame, retalhos de tecidos e rebite até caixa de ovo, câmara de pneu, tela de mosquito e cabo de vassoura. Cinco dessas peças podem ser vistas no site da empresa, onde está disponível uma prévia da campanha publicitária que será veiculada nos dias de Carnaval, com o objetivo de conscientizar a população carioca sobre a importância da reciclagem.

É uma boa inspiração para os foliões conscientes criarem suas próprias fantasias e fazer bonito no Carnaval - reutilizando e reciclando materiais. Ainda dá tempo.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Pausa na caça às baleias


Boa notícia publicada ontem no Estadão: o Japão suspendeu temporariamente a caça de baleias na Antártica. O motivo é o risco enfrentado pelos tripulantes dos navios baleeiros por causa dos ataques violentos promovidos pela ONG Sea Shepherd - segundo os japoneses, claro.

Apesar de o governo japonês afirmar que a caça será retomada quando as condições de segurança melhorarem, os ativistas comemoram o resultado do seu trabalho. Para ler a notícia completa, clique aqui. E quem é contra a caça às baleias, como eu, também!

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Uma árvore para cada criança no mundo


Gostei muito de um dos projetos brasileiros vencedores do Concurso Aprender e Ensinar Tecnologias Sociais, realizado pela Fundação Banco do Brasil e Revista Fórum. O vencedor da região sul, Cada Nascimento, Uma Árvore, realizado em Umuarama (PR), propõe que, ao nascer uma criança na cidade, os pais recebam uma muda e orientações sobre como plantá-la. Assim, o número de árvores cresceria na mesma proporção que a população.

A ideia é tão interessante que, além de ser apresentada no Fórum Social Mundial, realizado em Dacar, no Senegal, na semana passada, serviu de inspiração para um vereador da cidade de São Paulo, que está tentando transformá-la em lei. Nesse caso, os pais seriam obrigados não só a plantar a árvore, mas também a mantê-la.

A intenção pode até ser boa, mas, se o objetivo é conscientizar, prefiro a lei aprovada pela prefeitura de Itabira, onde espécies típicas da região serão plantadas quando uma criança nascer na cidade pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. As árvores plantadas serão identificadas com seu nome científico e com o nome da criança. Mas a adesão dos pais é voluntária, feita na hora de registrar o filho. As famílias que aderirem recebem um certificado de inclusão no programa com informações sobre a árvore, sua localização e sobre os cuidados necessários para seu desenvolvimento e podem acompanhar o plantio das mudas.

De qualquer forma, é uma atitude simples e bacana que pode ser copiada por todo mundo. Eu já plantei não uma, mas diversas árvores desde que a minha filha nasceu. E já estamos saboreando seus frutos.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Onde encontrar pontos de coleta de PET


A Associação Brasileira da Indústria do PET disponibilizou, em sua página na internet, um sistema de busca para a destinação adequada do material, chamado LevPet. Utilizando a ferramenta do Google Maps, basta que o usuário digite seu endereço para saber quais são os pontos de coleta mais próximos da sua casa ou local de trabalho. Os pontos são divididos em quatro categorias: comércio de reciclagem, ponto de entrega, entidade e cooperativa.

É um sistema bastante útil nas cidades em que não há coleta seletiva mantida pela prefeitura ou naquelas em que a coleta deixa a desejar - grupo no qual se enquadra São Paulo, onde o sistema é falho e insuficiente.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Parede de revistas


Depois da bancada feita de livros, mais uma ideia criativa para reutilizar as publicações que já não têm mais uso: uma parede feita de revistas velhas. Essa solução foi desenvolvida pelo escritório sueco Elding Oscarson, dirigido pelos arquitetos Johan Oscarson e Jonas Elding para o estúdio de webdesign Oktavilla, de Estocolmo. Para ficarem firmes, as revistas foram agrupadas em pacotes.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Sustentável, pero no mucho


A Petrobras está novamente no ranking Global 100, da revista canadense Corporate Knigths, que lista as 100 empresas mais sustentáveis do mundo - é uma das três únicas brasileiras incluídas. Seria um feito a comemorar, se não fosse a notícia divulgada ainda no início deste mês de que a empresa suspendeu seus patrocínios às organizações de pesquisa com as quais atuava: o Instituto Baleia Jubarte, maior centro de conservação de baleias no Brasil, a Fundação Mamíferos Aquáticos, o Projeto Golfinho Rotador e o Projeto Tamar, organizações que há anos realizam um trabalho muito importante de preservação na costa brasileira.

Desde setembro de 2010, segundo o que foi publicado pelos maiores jornais do país, as organizações esperam a renovação de seus convênios com a Petrobras e, sem o repasse de verbas da companhia, estão tendo que demitir suas equipes e cancelar várias de suas atividades, que são essenciais para a preservação de diversas espécies do litoral brasileiro. A empresa alega estar analisando os resultados obtidos pelos projetos entre 2007 e 2010 para definir a continuidade das parcerias.

Como a preservação do meio ambiente não obedece aos procedimentos e prazos corporativos, não teria sido mais prudente iniciar essa avaliação de resultados, que é legítima, antes da data de vencimento dos convênios, evitando que os projetos e as espécies protegidas por eles fossem afetados? E também não é importante que a empresa procure estimular seus parceiros a buscar outras fontes de receitas se não tem interesse em continuar a parceira? A atitude da Petrobras nesse caso não me parece adequada para uma das empresas mais sustentáveis do mundo.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Palavras do bem


Adoro a internet por possibilitar uma comunicação mais livre e direta entre as pessoas. Mas me incomoda o fato de também permitir que gente ressentida aproveite essa poderosa ferramenta para atacar com agressividade outros usuários. Por isso, achei o máximo o projeto Doe Palavras, que, por meio do site e do twitter, coleta mensagens positivas para transmiti-las aos pacientes com câncer internados no Instituto Mário Penna, de Belo Horizonte.

Depois de passar por um filtro, as mensagens são mostradas nas TVs do hospital e de outras instituições colocadas em locais onde os pacientes mais precisam de incentivo, como as salas de quimioterapia. A ideia é transformar as mensagens recebidas em um livro que será doado a outros hospitais, para levar apoio e esperança a mais e mais pessoas.

Quer contribuir? Basta entrar no site do projeto ou no seu twitter e postar a mensagem, com a hashtag #doepalavras. Simples, singelo e construtivo. Uma forma generosa e sustentável de usar a internet.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Exposição comemora 25 anos da SOS Mata Atlântica


A Fundação SOS Mata Atlântica celebra seus 25 anos de existência em 2011 com uma exposição que vai passar por 12 capitais a partir desta sexta, dia 11 de fevereiro. A primeira cidade a receber a exposição, chamada Sua Mata, Sua Casa, será Fortaleza, depois será a vez de Maceió, Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Recife e Brasília. A exposição ficará 20 dias em cada cidade, mostrando como a Mata Atlântica está presente no dia a dia das pessoas, por meio de ferramentas interativas, como iPads, mesa multi-touch e televisores, e estruturas de materiais sustentáveis, como madeira plástica e garrafas PET.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Concurso de projetos para conservação da água


Até o dia 1 de março, estão abertas as inscrições para a segunda edição do Eco Challenge, realizado pela Pepsi em parceria com Young Americas Business Trust, (YABT), ONG que atua em colaboração com a Organização dos Estados Americanos (OEA). O concurso tem como objetivo estimular os jovens latino-americanos a preservar o meio ambiente por meio da inovação e do empreendedorismo.

Os interessados em participar do concurso devem formar grupos de 3 a 10 pessoas com idades entre 13 e 35 anos, elaborar um projeto social ou empresarial que demonstre talento e inovação em sua estratégia ou que apresente soluções viáveis para um dos cinco desafios sobre a conservação da água e cadastrar sua proposta no site Pepsi Mundo. O projeto vencedor vai receber um prêmio de US$ 5 mil. Para conhecer o regulamento, clique aqui.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Livros sobre sustentabilidade


O editor da revista Ideia Sustentável, Ricardo Voltolini, fez uma lista interessante de livros sobre sustentabilidade para quem quer se aprofundar no tema. Fazem parte dessa bibliografia O Que os Economistas Pensam Sobre Sustentabilidade, Conversas com os Mestres da Sustentabilidade, Uma Trajetória Ambientalista: Diário de Paulo Nogueira Neto e Marketing 3.0. Para ver a lista completa, clique aqui.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Um jeito "verde" de usar sabonete


Apesar de o sabonete líquido ser mais fácil de usar e mais higiênico, principalmente em lugares onde circulam muitas pessoas, perde em sustentabilidade para o sabonete em barra, que rende mais e consome menos recursos naturais para ser produzido.

Para resolver a questão, a designer suíça Nathalie Stämpfli teve uma ideia criativa: criou um "ralador" de sabonete em barra. Assim, cada vez que alguém vai lavar as mãos, basta acionar o ralador para receber nas mãos a quantidade de flocos de sabonete necessária. Gostei muito da ideia, que vi pela primeira vez no blog Coletivo Verde: econômica, higiênica e sustentável.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Cursos gratuitos sobre Sustentabilidade


O FGV Online e o Walmart Brasil lançaram hoje o curso a distância “Sustentabilidade no dia a dia: orientações para o cidadão”, o primeiro do projeto “Walmart e FGV: O papel de cada um na sustentabilidade”. Com duração de cinco horas e gratuito, o curso trata da importância do consumo responsável para a sustentabilidade, em cinco módulos: Recursos Naturais, Qualidade de Vida, Desenvolvimento Sustentável, Consumo e Sustentabilidade e Cotidiano Responsável.

Os dois outros cursos do projeto, "Sustentabilidade, um valor para a nova geração: orientações para o professor de ensino fundamental" e "Sustentabilidade aplicada aos negócios: orientações para o gestor", serão oferecidos também no primeiro semestre de 2011. Mais informações sobre o programa estão disponíveis no site da FGV On Line.