segunda-feira, 10 de maio de 2010

Cooperativa paulistana recebe lixo eletrônico


O lixo eletrônico é um dos mais difíceis de ser descartados. E não estamos falando só de computadores e celulares. Você sabe para onde mandar aquela geladeira velha, que não funciona mais? E o forno de microondas? Desde março de 2010, os moradores da cidade de São Paulo contam com mais um ponto de coleta: a Coopermiti.

A cooperativa funciona em um galpão de 2 mil m² no bairro da Barra Funda e tem 22 cooperados. De acordo com a Prefeitura, que mantém convênio com a entidade, 2,5 toneladas de materiais eletrônicos já foram reaproveitados pela cooperativa. A meta é chegar a recolher 50 toneladas por mês.

Os interessados em dar uma destinação correta ao seu lixo eletrônico podem levar as peças diretamente à Coopermiti, que fica na Rua Doutor Sergio Meira, 268, na Barra Funda, ou solicitar a retirada pelo telefone (11) 3666-0849. Para mais informações, consulte o site da Coopermiti.

Veja quais são os materiais recolhidos pela Coopermiti:

Informática: CPU, HD, driver, placa mãe, placa de rede, placas eletrônicas diversas, telefone celular, máquina fotográfica, computador, notebook, periféricos, monitor, tela de plasma, impressora, máquina de xerox, aparelho telefônico, modens, centrais telefônicas, pabx, etc.

Linha Branca: Geladeira, máquina de lavar, motores elétricos diversos, microonda, liquidificador, mixers, batedeira, freezer, fogão, tostadeira, forno elétrico, ferro de passar, aspirador de pó, etc.

Um comentário: