sexta-feira, 12 de junho de 2009

Contra a Medida Provisória da Grilagem na Amazônia


No último dia 02/06, o Senado brasileiro aprovou a MP 458, que trata da regularização de terras ocupadas ilegalmente na Amazônia. A MP permite à União transferir, sem licitação, terrenos de sua propriedade, de até 1,5 mil hectares, aos ocupantes das áreas. O texto aprovado segue, agora, para a sanção presidencial.

O problema é que, com a MP, 67 milhões de hectares de terras públicas da Amazônia ficarão em maõs privadas, principalmente nas mãos dos grileiros.

Quem é contra essa situação tem até o dia 25/06 para se manifestar. Basta entrar em contato com o Gabinete do Presidente Lula pedindo para que a MP 458 não seja aprovada. Os telefones são (61) 3411-1200 e 3411-1201. Para enviar um email, acesse o formulário Fale com o Presidente disponível no site da Presidência da República.

Para entender melhor o tema, recomendo o texto publicado no site do Greenpeace e o artigo de Edélcio Viga, do Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário